Roubaram meu celular, e agora?

Tive meu smartphone roubado há alguns dias e vou compartilhar contigo alguns passos que me ajudaram a garantir a segurança e privacidade dos meus dados.

Tempo é seu inimigo, então vamos começar com um resumo do que você deve fazer:

  1. Avise sua família e amigos
  2. Bloqueie seu dispositivo remotamente
  3. Bloqueie seu chip
  4. Garanta a segurança das suas contas
  5. Bloqueie o IMEI do seu aparelho

Avise sua família e amigos

Aqui, basta um post no Facebook. O delinquente pode tentar se passar por você e convencer seus contatos a revelar dados. Mas atenção: não faça posts públicos pois isso vai expor as pessoas do seu círculo social que comentarem/curtirem sua publicação.

Avise seus amigos e familiares

Ladrão ameaça meus amigos

Bloqueie seu dispositivo

Se você tem um iPhone, entre no iCloud, clique em Todos os dispositivos, selecione seu iPhone na lista, e ative o Modo Perdido. Marque a caixinha para ser notificado quando o dispositivo for encontrado.

Aqui é uma aposta: se o seu chip ainda estiver no iPhone e o aparelho estiver ligado, você conseguirá bloqueá-lo e de quebra saberá onde ele se encontra.

Bloqueie seu chip

Entre em contato imediatamente com sua operadora:

Tim

De um telefone Tim, ligue para *144.
De um telefone fixo, ligue para 1056.
Através do Meu Tim.

Aqui a TIM deu uma mancada gigantesca. Eu não me lembrava da senha web. Preenchi um formulário para conseguir recuperá-la. Ao final do formulário, recebi a senha de acesso, mas ela também foi enviada via SMS. Ora, de posse do meu chip, o ladrão poderia acessar minha conta na TIM. Caso aconteça o mesmo com você, troque imediatamente a senha web assim que obtê-la.

Garanta a segurança das suas contas

Alguém em posse do seu smartphone pode conseguir acesso às suas contas. Assim, recomendo que você finalize as sessões nos serviços que usa.

WhatsApp

Conforme este artigo, envie um e-mail para o suporte, seguindo este formato:

Para: support@whatsapp.com
Assunto: Lost/Stolen: Please deactivate my account
Corpo:
    Lost/Stolen: Please deactivate my account
    +55 XX XXXXX-XXXX

Clique aqui para carregar um template.

Gmail

Entre nesta página: https://myaccount.google.com/device-activity
E verifique os dispositivos conectados. Remova seu dispositivo roubado.

Remova seu dispositivo antigo da conta

Telegram

Acesse https://web.telegram.org/
Vá em Configurações, depois Sessões Ativas.
Encerre as sessões vinculadas ao seu dispositivo roubado.

Outros

Não descanse nesse momento! Lembre-se das outras contas que você tinha logado no smartphone e desconecte todas. Ex: Facebook, Hotmail, Outlook, Slack, Yahoo, iFood, Uber, Pinterest, Tumblr, 99Taxis, bancos...

Bloqueie o IMEI

O IMEI é como um CPF do seu celular, este número está anotado na caixa do aparelho. O IMEI é um código com 15 dígitos.

Atenção: Assim que o IMEI é bloqueado, o celular não aceitará nenhum chip. Desta forma, ao bloquear o IMEI, você não poderá mais enviar comandos ao celular (como bloqueá-lo ou apagar seu conteúdo remotamente).

Entre em contato com sua operadora para bloquear o IMEI. Na TIM, é preciso fazer o bloqueio pelo site.

Se não souber o IMEI, fale com sua operadora e eles poderão te ajudar.

Protegendo seu novo smartphone

Assim que adquirir seu novo aparelho, recomendo que tome os seguintes cuidados:

  1. Cheque as opções de recuperação de senha
  2. Proteja seu chip com senha
  3. Anote seu IMEI
  4. Crie uma senha de tela difícil
  5. Ative a localização/rastreamento do aparelho
  6. Deixe o pacote de dados sempre ativo
  7. Faça backups regularmente

Recuperação de senha

A maioria dos serviços hoje utiliza alguma forma de two-factor authentication (2FA). E o celular geralmente é uma delas. Assim, cheque nas configurações do seu e-mail as formas de recuperação disponíveis.
Para o Gmail, não se esqueça de gerar um cartão com códigos alternativos para login.

Proteja seu chip com senha

Quando você comprou seu chip, ele veio num cartãozinho com 4 códigos. PIN 1, PIN 2, PUK 1 e PUK 2. Esses códigos bloqueiam o acesso ao seu chip - assim como o código na tela do seu smartphone bloqueia o acesso aos aplicativos.
Assim, para evitar que um ladrão coloque seu chip em outro aparelho e fique conversando no WhatsApp, recomendo que você ative a senha do chip. O Tecmundo explica como fazer isso nos Androids. A Apple explica neste artigo.

Anote seu IMEI

Para descobrir o IMEI basta digitar *#06# e anotar o código que aparece. Se seu celular suportar mais de um chip, aparecerão vários IMEIs. Guarde todos eles.

Criando senhas difíceis

Não use datas como senhas, nem sequências ou padrões dedutíveis (123456, 654321, 112233, 102030 etc). Se possível, combine números e letras - mesmo que fique mais difícil desbloquear seu aparelho. Lembre-se que ele custou caro :)

Não compartilhe sua senha com ninguém. Isto inclui seu pai, sua mãe, seu melhor amigo, namorada, etc.

Se sua senha for boa, os criminosos utilizarão de engenharia social para consegui-la.

Ladrão se passando por mim tentando conseguir minha senha

Ative a localização

Arrisco dizer que 100% dos smartphones possui GPS integrado. Assim, é possível fazer com que seu aparelho tenha a localização registrada periodicamente. Isto é importante não só no caso de roubo, mas também de perda do aparelho. Para iPhone, ative o Buscar iPhone através do iCloud. Para Android, você pode gerenciar seus dispositivos rastreados aqui. Para Windows Phone, acesse a seção de devices do site da Microsoft.

Pacote de dados ativos

Recomendo que deixe os pacotes de dados sempre ativos no smartphone. Atualmente, os aparelhos sabem quando usar o 4G ou o WiFi automaticamente. Com o 4G sempre ativo, aumentam suas chaces de conseguir bloquear o aparelho rapidamente.
Mas atenção: cuidado com as notificações que aparecem com a tela bloqueada. Elas podem revelar ao ladrão informações sobre você.

Backups regulares

É péssimo perder as fotos, os contatos, as mensagens. Certifique-se que seu celular está fazendo backups para a nuvem regularmente. No caso dos iPhones, é possível fazer isso facilmente através do iCloud. No caso dos Androids, você pode utilizar a soluções proprietárias ou o próprio Google Drive. Este artigo te dá dicas de como fazer.


O que você faz para garantir a segurança do seu smartphone? O que achou das dicas? Já anotou seu IMEI?